Aconteceu uns 25 milhões de anos atrás...

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Pinterest
  • Tumblr Social Icon
  • Instagram

segunda feira, 8 de maio 2020 - Marije Soto

      Resenha do estudo de pesquisadores de Newcastle sobre as origens dos circuitos conectivos cerebrais para linguagem humana que surgiram, de acordo com os autores, no mínimo, uns 25 milhões de anos atrás.

    Cientistas da universidade de Newcastle (na GB) descobriram uma origem anterior da circuitaria cerebral da linguagem humana, afastando sua origem evolutiva em pelo menos 20 milhões de anos.
Há muito tempo cientistas pensavam que um precursor do caminho da linguagem na espécie humana havia surgido mais recentemente, há cerca de 5 milhões de anos, com um ancestral comum de macacos e humanos.

         Para os neurocientistas a nova descoberta, é como encontrar um fóssil que ilumine a história evolutiva. No entanto, ao contrário dos ossos, o cérebro não se fossilizou. Em vez disso, os neurocientistas precisam inferir como poderiam ter sido os cérebros dos ancestrais, estudando exames cerebrais de primatas vivos, comparando-os aos humanos.
Eles descobriram um segmento da circuitaria cerebral da linguagem no cérebro humano, nos feixes de fibras nervosas que interconectam o córtex auditivo com as regiões do lobo frontal, importante para o processamento da linguagem. Embora a linguagem seja única para os seres humanos, o vínculo pela via auditiva em outros primatas sugere uma base evolutiva na cognição auditiva e na comunicação vocal.

95663790_898562793917323_266964000204390

       O estudo também ilustra a notável transformação do circuito cerebral da linguagem humana. Foi encontrada uma diferença chave: o lado esquerdo do cérebro humano dessa via cerebral (o fascículo arqueado) é mais evoluído em seres humanos, e o lado direito parece ter divergido do protótipo evolutivo auditivo para envolver partes do cérebro dedicado a processos que não são auditivos.

Texto adaptado do artigo original: https://www.sciencedaily.com/releases/2020/04/200420125519.htm
Artigo científico: Balezeau, F., Wilson, B., Gallardo, G. et al. Primate auditory prototype in the evolution of the arcuate fasciculus. Nat Neurosci 23, 611–614 (2020). https://doi.org/10.1038/s41593-020-0623-9